Notícias » Colômbia

Colômbia: Estátua de colonizador é derrubada em Bogotá

Desde 28 de abril, a Colômbia passa por uma onda de protestos

Penélope Coelho Publicado em 08/05/2021, às 13h04

Estátua derrubada em Bogotá
Estátua derrubada em Bogotá - Divulgação/ Facebook / Movimiento de Autoridades Indígenas del Sur Occidente

De acordo com informações da agência de notícias EFE, publicadas neste sábado, 8, pelo UOL, um grupo de indígenas da etnia Misak derrubou a estátua do colonizador espanhol, Gonzalo Jiménez de Quesada, em Bogotá, capital da Colômbia.

Segundo revelado na publicação, o homem ficou conhecido por alguns historiadores como fundador de Bogotá, após dominar um território conquistado pelos povos Muíscas. A estátua mostrava Quesada com o braço direito levantado e espada direcionada para baixo.

Ao derrubarem o monumento, os protestantes entoaram canções tradicionais e dançaram. "A partir deste momento, não terão este estuprador, este suposto conquistador, em Bogotá", afirmou um dos líderes indígenas, durante o protesto.

Sabe-se que desde 28 de abril, o país vive uma onda de protestos que começaram como uma revolta da população contra uma reforma tributária apresentada pelo governo do presidente Iván Duque.

Agora, as manifestações se estendem com a evolução de conflitos entre militares, policiais e civis. De acordo com a reportagem, os dados oficiais mostram que pelo menos 24 pessoas já morreram em decorrência dos confrontos.