Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Delegado diz que helicóptero caiu minutos após pouso de emergência

Destroços de helicóptero que sumiu em dezembro foram encontrados na manhã desta sexta-feira, 12

por Thiago Lincolins

tlincolins_colab@caras.com.br

Publicado em 12/01/2024, às 13h11

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Descoberta dos destroços da aeronave - Divulgação/PMESP
Descoberta dos destroços da aeronave - Divulgação/PMESP

Os destroços de um helicóptero que desapareceu em dezembro, após partir de São Paulo para Ilhabela, litoral norte, foram descobertos na manhã desta sexta-feira, 12. De acordo com a Polícia Militar, não há sobreviventes. 

O diretor do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), da Polícia Civil de SP, Paulo Sérgio Rios Campos Melo, informou que a aeronave caiu minutos após um pouso de emergência feito em Paraibuna, Vale do Paraíba, informa a CNN Brasil.

De acordo com Melo, 10 quilômetros separam a área na qual o pouso foi feito e o local onde os destroços foram encontrados. No entanto, ainda não é possível indicar o tempo exato entre o pouso do helicóptero e a queda que vitimou os quatro ocupantes.

A queda 

Além disso, os dados descobertos através da localização dos celulares dos ocupantes do helicóptero, mostram que Cassiano Tete Teodoro, o piloto, havia tentado voltar a São Paulo. 

“Ele saiu [do local do pouso de emergência], voou um pouco, ficou tentando escapar das nuvens para retornar a São Paulo e não conseguiu, infelizmente”, disse o delegado.

Ao mesmo tempo, ainda não é possível determinar o que causou a queda da aeronave. Ronaldo Barreto de Oliveira, atual chefe do Comando de Aviação da Polícia Militar de São Paulo, acredita que as condições climáticas não favoráveis tenham contribuído com a queda.

“Ele [Cassiano] pode entrar no mau tempo, perder visibilidade e a consciência situacional e desorientar. É comum para quem entra inadvertidamente na área de nuvem”, disse ele.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!