Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Passageiros do helicóptero que desapareceu em dezembro estão mortos, alega PM

PM confirmou as mortes dos passageiros que estavam em helicóptero que desapareceu em dezembro

por Thiago Lincolins

tlincolins_colab@caras.com.br

Publicado em 12/01/2024, às 12h49

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Registros das buscas pelo helicóptero - Divulgação/Força Aérea Brasileira
Registros das buscas pelo helicóptero - Divulgação/Força Aérea Brasileira

Nos últimos dias, o sumiço de um helicóptero que partiu de São Paulo em direção a Ilhabela, literal norte, chamou atenção dos brasileiros. A aeronave desapareceu no final do ano, especificamente no dia 31.

Após intensos 12 dias de buscas, as autoridades confirmaram a descoberta do helicóptero e a informação de que todos os quatro passageiros estão mortos.

De acordo com o portal Metrópoles, a Polícia Militar informou que todos os quatro ocupantes da aeronave faleceram. Os destroços foram encontrados na região de Paraibuna, Vale do Paraíba, em São Paulo.

"Após 12 dias de buscas, a PM encontrou o helicóptero desaparecido. Esse encontro foi possível graças a um trabalho multiagências. Estão todos mortos. A gente gostaria de dar uma notícia diferente, mas todos estão mortos. Foram identificados quatro corpos na aeronave", explicou Ronaldo Barreto de Oliveira, coronel.

Investigações

Paulo Sérgio Rios Campos Melo, atual diretor da Divisão de Capturas do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), informou que profissionais do IML e do Instituto de Criminalística farão a perícia dos corpos no local em que os destroços foram descobertos. 

Além do piloto, Cassiano Teodoro, que tinha 44 anos, o helicóptero levava Raphael Torres, de 41; Luciana Rodzewics, de 45 e Letícia Ayumi, de 20.

"Posteriormente, eles serão extraídos do local e levados para o IML. E a Polícia Científica vai poder responder muitas das perguntas, se as mortes ocorreram no momento da queda ou depois, quais foram as fraturas", explicou.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!