Notícias » Mundo

Depois de andar sem máscara na praia, presidente do Chile faz denúncia contra si mesmo

Ele tirou fotos com pessoas sem usar a proteção, que foram postadas nas redes sociais e causaram polêmica

Isabela Barreiros Publicado em 07/12/2020, às 16h16

O presidente chileno Sebastián Piñera sem máscara na praia
O presidente chileno Sebastián Piñera sem máscara na praia - Divulgação - Instagram

No Chile, o presidente Sebastián Piñera foi flagrado caminhando pelo balneário de Cachagua, a mais ou menos 160 km de Santiago, sem usar máscara de proteção. Ele tirou fotos com algumas pessoas que os reconheceram, ainda sem cobrir o rosto, e causou polêmica nas redes sociais.

A solução encontrada pelo político foi apresentar uma denúncia contra si mesmo à Secretaria Regional de Ministros (Seremi) por ter descumprido as regras estabelecidas pelo seu próprio governo. Isso foi feito "com o objetivo de levar adiante o respectivo procedimento administrativo de controle de saúde".

Em nota, o governo chileno escreveu: "Ao ser reconhecido pelas pessoas que estavam naquele local, lhe pediram várias fotografias, às quais ele aceitou sem perceber a necessidade de usar a máscara".

O uso obrigatório da máscara de proteção foi estabelecido em inúmeros países ao redor do mundo na tentativa de controlar a transmissão do novo coronavírus. O Chile, atualmente, conta com mais de 560 mil casos e 15.628 mortos, registrados desde março. 

"Ontem fui passear na praia, o que não fazia desde o ano passado. A caminhada foi bastante solitária até que algumas pessoas me reconheceram e pediram para tirar uma foto", explicou Piñera em suas redes sociais. "Sem dúvida deveria ter colocado a máscara, mas pela rapidez com que os acontecimentos ocorreram não o fiz e foi um erro que lamento e peço desculpa".