Notícias » Pandemia

Em Londres, homem é preso após roubar equipamentos médicos de proteção contra o coronavírus

De acordo com as autoridades, o material recuperado não poderá ser utilizado devido a contaminação

Nicoli Raveli Publicado em 02/04/2020, às 17h00 - Atualizado em 03/04/2020, às 11h00

Policiais na cidade de Londres
Policiais na cidade de Londres - Pixabay

No último sábado, 28, um homem foi abordado após roubar material médico de uma ambulância durante a pandemia de Covid-19. O caso, que aconteceu em Londres, foi finalizado nesta quinta-feira, 2, com sua condenação a seis meses de prisão.

O sem-teto Mark Manley afanou equipamentos de proteção contra o coronavírus que seriam usados pela equipe médica, como máscaras, trajes hospitalares e álcool em gel. Além disso, ele também agrediu um agente de segurança no mesmo dia.

Mark Manley, sem-teto de 35 anos / Crédito: Divulgação

 

Diante de um momento de crise na qual muitos profissionais da saúde reclamam pela falta de suprimentos, as autoridades informaram que, devido a contaminação, os materiais recuperados não poderiam ser utilizados.

A polícia já vem registrando diversas ocorrências no país relacionadas ao surto, como é o caso de um homem de 23 anos que foi preso por embriaguez. Quando ele foi abordado, cuspiu nos policiais e afirmou que estava infectado.

"Esta é uma infração especialmente agressiva e perigosa neste momento. É bom que os tribunais levem esses incidentes a sério", disse um porta-voz da polícia. Até o momento, Londres já registrou mais de seis mil casos e representa cerca de um terço das 2.352 mortes do Reino Unido.