Notícias » Brasil

Em programa, Haddad e apresentador Diogo Mainard trocam farpas: 'Poste de bandido'

Mainardi também expressou sua opinião em relação às eleições de 2022, que esperava não terminarem entre Lula e Bolsonaro

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 11/02/2021, às 14h56

Montagem de trechos do programa mostrando os dois
Montagem de trechos do programa mostrando os dois - Divulgação/ Youtube

Em uma entrevista dada pelo professor Fernando Haddad para o programa Manhattan Connection, que recentemente passou a ser exibido pelo canal Tv Cultura, o político teve um desentendimento com um dos apresentadores, chamado Diogo Mainardi

A edição, que foi ao ar na última quarta-feira, 10, mostrou a discussão acalorada entre os dois: nela, Mainardi perguntou se Haddad era “o poste de bandido [referindo-se à Lula] ou o candidato”, e posteriormente chamou o professor de “imbecil”. 

Em resposta, o político respondeu que: "Eu ouvi que poucos petistas participam desse debate, e acho que você é um dos grandes responsáveis. Porque há muitas pessoas educadas nesse programa, mas não considero você um exemplo de educação. Acho você uma pessoa muito problemática, inclusive psicologicamente". 

Mainardi também deixou claro que considerava tanto Bolsonaro quanto Lulacriminosos, de forma que, caso a eleição ficasse entre os dois em 2022, ele “se jogaria de uma janela”, para não precisar “assistir à devastação provocada por um dos dois”. A despeito de suas críticas à Haddad, apontou que achava que o petista seria vitorioso em um embate futuro contra Bolsonaro