Notícias » Rússia

Escritório do líder da oposição russa, Alexei Navalny, é atacado na Sibéria

Ao menos três voluntários passaram mal após o ataque com produtos químicos

Giovanna de Matteo Publicado em 09/09/2020, às 08h50

Foto de Alexei Navalny
Foto de Alexei Navalny - Wikimedia Commons

O escritório do opositor russo, Alexei Navalny, na Sibéria, sofreu um ataque hoje, 8, após um homem jogar uma garrafa com produtos químicos dentro do local — que está servindo para a campanha das eleições regionais, que acontecerão em 13 de setembro. Dois dos funcionários do gabinete chamado Novosibirsk 2020, precisaram de atendimento médico por conta da intoxicação.

As testemunhas que estavam no local informaram que dois homens encapuzados foram os responsáveis pela ação e que um deles foi quem arremessou a garrafa, numa espécie de "coquetel molotov". Eles fugiram antes da chegada dos policiais e não foram identificados até o momento.

Uma das integrantes do grupo, Olga Gousseva, relatou o acontecimento em seu Twitter: "Uma pessoa desconhecida invadiu o escritório e jogou uma garrafa cheia desse produto desconhecido. Estávamos em reunião com cerca de 50 pessoas. O cheiro era muito picante e insuportável", escreveu ela.

Atualmente, Navalny está internado no hospital Charitè, em Berlim, na Alemanha, de acordo com as autoridades do alemãs o homem sofreu de envenamento. Este seria o segundo ataque à sua campanha eleitoral e ao opositor, em apenas menos de 20 dias. O governo russo não se declarou a respeito.