Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Estados Unidos

Estados Unidos devolve peças roubadas nos anos 1960 à Turquia

Algumas das peças devolvidas para a Turquia haviam sido roubadas na década de 1960 de um sítio arqueológico da era romana no sul do país

Redação Publicado em 06/12/2023, às 17h22

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cabeça de Caracala - Reprodução/The Metropolitan Museum of Art via Wikimedia Commons
Cabeça de Caracala - Reprodução/The Metropolitan Museum of Art via Wikimedia Commons

Na última terça-feira, 5, um procurador informou que as autoridades de Nova York, nos Estados Unidos, devolveram à Turquia algumas antiguidades, avaliadas no valor de 8 milhões de dólares, equivalente à cerca de R$ 39 milhões.

Algumas dessas 41 peças, devolvidas em uma cerimônia que contou com a presença do vice-ministro da Cultura da Turquia, Gokhan Yazgi, foram roubadas na década de 1960. 

Dentre as peças, estão duas esculturas da cabeça do imperador romano Caracala e o busto de uma senhora, ambos traficados de um sítio arqueológico da era romana no sul da Turquia, o Bubon, que na década de 1960 foi amplamente saqueado. 

Alvin Bragg, procurador distrital de Manhattan, comentou a devolução das peças históricas:

Durante o meu mandato devolvemos 90 antiguidades à Turquia, avaliadas em mais de 60 milhões de dólares.”

Segundo repercutiu o jornal O Globo com informações da AFP, o gabinete do promotor Bragg informou que o Busto de uma Senhora, que data dos anos 160 – 180 dC, logo depois que foi roubado de Bubon, na Turquia, foi levado pelo antiquário Robert Hecht para a Suíça. Ele vendeu a peça para o Worcester Art Museum, onde esteve exposta até junho deste ano, quando foi apreendida. 

Outros detalhes 

Além disso, em março desse ano, autoridades dos Estados Unidos apreenderam as cabeças de Caracala, uma no Fordham Museum of Art, com a versão jovem do imperador, e outra no Metropolitan Museum de Nova York, com uma representação mais antiga.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!