Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Evidência de dinossauro de aparência incomum é descoberta no Egito

Pesquisadores afirmam que rosto de espécie chama atenção por lembrar um cachorro bulldog

Redação Publicado em 21/06/2022, às 11h10 - Atualizado às 11h18

Ilustração feita sobre como seria a espécie e o fóssil achado no deserto do Saara - Divulgação/ Royal Society Open Science
Ilustração feita sobre como seria a espécie e o fóssil achado no deserto do Saara - Divulgação/ Royal Society Open Science

Pesquisadores da Universidade de Mansoura, no Egito, acharam uma vértebra bem preservada da base do pescoço de dinossauro abelissaurídeo, localizado no deserto do Saara, em 2016.

O achado da espécie é inédito, e estudos publicados na revista ‘Royal Society Open Science’, mostram que o animal tinha por volta de 6 metros, além de uma face que lembra um cachorro da raça bulldog e braços curtos.

A espécie histórica ainda não tem um nome oficial, contudo, os arqueólogos acreditam que ele pertence à subordem de dinossauros bípedes terópedes, que viveram há cerca de 98 milhões de anos.

Durante o Cretáceo médio, o Oásis de Bahariya teria sido um dos lugares mais aterrorizantes do planeta”, fala Belal Salem, estudante de pós-graduação da Universidade de Ohio que liderou o material publicado do estudo.

Cientistas desejam mais pesquisas sobre a nova espécie

Para Salem, entender como diversas espécies de dinossauro coexistiram neste ciclo ainda é um grande mistério, mas uma das ideias é acerca da sua dieta, já que as suas presas eram distintas pelas facilidades que cada um tinha nas caças.

 “Meu primeiro vislumbre deste espécime a partir de fotos não deixou dúvidas sobre sua identidade. Os ossos do pescoço dos abelissaurídeos são tão distintos”, relata Patrick O'Connor, coautor da pesquisa e orientador.

Na busca por identificar a espécie desde 2017, os pesquisadores compararam com ossos de outros abelisaurídeos conhecidos, como o Carnotaurus da Argentina e o Majungasaurus de Madagascar, além do fato curioso de pegarem um cachorro bulldog para comparação de sua face.

Você pode conferir o estudo completo neste link.

Imagem de fóssil achado:

O fóssil achado no Egito /Crédito: Divulgação/Royal Society Open Science