Notícias » Reino Animal

Foca é morta na Grécia e assassino é procurado

Símbolo da ilha de Alonissos, o animal foi "executado à queima-roupa com uma arma de lança", segundo instituição

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/07/2021, às 15h29

A foca Kostis, que habitava o mar da ilha grega de Alonissos
A foca Kostis, que habitava o mar da ilha grega de Alonissos - Divulgação/Youtube/Ethnos Newspaper

Recentemente, o mundo se chocou com a notícia da morte da foca Kostis, que habitava o mar que banha a ilha de Alonissos, na Grécia. Como informou a BBC, gregos e instituições indignadas com o assassinato agora buscam justiça ao animal.

As informações sobre o caso foram divulgadas pela instituição de caridade MOm, que foi responsável pelos cuidados com a foca assim que ela foi encontrada em 2018 por um pescador depois de uma tempestade

Representantes da MOm informaram que o animal foi "executado à queima-roupa com uma arma de lança". Segundo o porta-voz da instituição, Dimitris Tsiakalos, é provável que tal arpão tenha sido lançado de um barco.

Agora, a entidade pediu que qualquer um que tenha alguma informação sobre o possível assassino entre em contato com a polícia para que o responsável pela morte de Kostis seja identificado e processado.

Kostis faz parte da espécie foca-monge do Mediterrâneo que é considerada ameaçada de extinção, visto que cientistas consideram a sobrevivência dos animais "longe de ser segura". Sua população conta com cerca de 700 focas e quase metade está na Grécia. 

A foca em questão se tornou símbolo da ilha, já que a lei grega protege a espécie. O nome foi dado em homenagem ao pescador que a resgatou e, após alguns meses de recuperação, o animal foi solto no Parque Nacional Marinho de Alonissos e Northern Sporades.