Notícias » Personagem

“Foi um grande erro passar tempo com ele”, diz Bill Gates sobre Jeffrey Epstein

Em entrevista, o cofundador da Microsoft revelou que já se encontrou com o financista para tratar de negócios

Penélope Coelho Publicado em 06/08/2021, às 08h18

Bill Gates, em 2018
Bill Gates, em 2018 - Getty Images

De acordo com informações publicadas pelo jornal Folha de São Paulo, na última quinta-feira, 5, em recente entrevista para a CNN, Bill Gates falou sobre sua relação com Jeffrey Epstein, financista norte-americano que tirou a própria vida em 2019, antes de seu julgamento por acusações de abuso e tráfico sexual de crianças.

Em conversa com a CNN, o cofundador da Microsoft definiu como “um grande erro” a socialização que teve com Epstein. O magnata afirmou que em todos os encontros entre eles, Bill tinha o objetivo de arrecadar fundos para seus projetos de filantropia.

"Foi um grande erro passar tempo com ele, dar-lhe a credibilidade de estar lá [...] Tive vários jantares com ele com a esperança de que poderia materializar o que disse sobre arrecadar bilhões para uma filantropia para a saúde global por meio das opções que ele tinha", afirmou Gates.

De acordo com o empresário, seu contato Jeffrey chegou ao fim após Bill perceber que “não era uma coisa real”. Além de Gates, Epstein tinha outros conhecidos famosos, como o terceiro filho da rainha Elizabeth II, príncipe Andrew e o ex-presidente norte-americano, Bill Clinton.