Notícias » Entretenimento

Ford planeja automóveis com drive-in particular

O cinema drive-in fez sucesso na metade do século 20. A montadora tentará revivê-lo de maneira individual em seus carros

Vinícius Buono Publicado em 05/09/2019, às 10h00

Cinema drive-in
Cinema drive-in - Reprodução

A Ford está tentando reviver o clássico cinema drive-in, mas com uma diferença básica: agora, cada carro terá o seu.

O cinema drive-in fez muito sucesso entre as décadas de 1940 e 1960. Nele, as pessoas estacionavam seus carros perante uma enorme tela e, de dentro deles, assistiam aos filmes ali exibidos. Nos Estados Unidos, alguns reapareceram nos últimos anos, apelando para o romantismo da nostalgia.

A ideia, patenteada pela empresa em 2017 e que parece estar sendo expandida agora, é bem simples: a montadora quer que seus carros venham com um projetor fixo na parte de trás. Quando está completamente parado, é possível ativá-lo para que projete a imagem numa tela externa, gerando, assim, um cinema particular.

Como seriam os automóveis / Crédito: Reprodução

 

Lâmpadas acopladas junto ao projetor serviriam, também, para iluminar o lugar, aumentando a agradabilidade do ambiente. Seria possível fazer uma refeição com os amigos num lugar aberto durante a noite, tal qual um piquenique.

Por ser apenas uma patente registrada, ainda não se sabe direito como funcionaria. Na descrição, a Ford diz que o projetor, voltado para fora, funcionaria quando o carro estivesse parado e com a porta de trás aberta. 

Essa é apenas uma ideia inicial. As montadoras de carros patenteiam diversas coisas todos os anos, muitas vezes só para não deixar a ideia se perder.

Nessa, a Ford escreveu que “os automóveis, além do transporte, estão sendo cada vez mais utilizados em atividades como camping ou tailgating (melhor traduzido para festa de bagageira: hábito americano de se reunir em torno da porta traseira aberta de um veículo, geralmente consumindo bebidas e alimentos grelhados. É muito comum nos estacionamentos de eventos esportivos como as corridas da NASCAR ou os jogos da NFL) e outras atividades exteriores”.

Num tempo em que cada vez mais pessoas demonizam o carro principalmente por ser poluente, a Ford quer provar que ele ainda pode fazer parte da vida da família como outrora.