Notícias » Entretenimento

‘Golpista do Tinder’ aproveita da fama e deve criar carreira em Hollywood

Mesmo com seus supostos crimes expostos no documentário da Netflix, Shimon Hayut tem faturado com uma nova audiência

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 24/02/2022, às 17h00

Shimon Hayut ou Simon Leviev, o golpista do Tinder
Shimon Hayut ou Simon Leviev, o golpista do Tinder - Divulgação / Netflix

Após o lançamento de ‘O Golpista do Tinder’, na plataforma de streaming Netflix, e as supostas revelações das fraudes e mentiras de Simon Leviev, ou melhor, Shimon Hayut, o israelense tem utilizado essa nova fama, mesmo que infame, para ganhar dinheiro e alavancar uma carreira no futuro.

Extremamente ativo nas redes sociais, em especial Instagram e TikTok, Shimon Hayut tem ganhado seguidores e atenção do público por sua ostentação e suas declarações questionando o que foi abordado no documentário. Além disso, no entanto, o ‘golpista do Tinder’ arranjou uma maneira de faturar diretamente com essa nova audiência.

A cobertura do portal de notícias TMZ, repercutida pelo jornal Estadão, expôs a fonte dos mais de 30 mil dólares, por volta de R$ 150 mil, que ‘Simon Leviev’ ganhou depois do programa da Netflix. Acontece que Hayut abriu um um perfil na plataforma Cameo e vem cobrando cerca de 200 dólares por vídeos customizados para quem quiser.

No entanto, muito do faturamento vem dos vídeos que cria para empresas, que têm, por sua vez, um preço diferente: US$ 2 mil. Esse dinheiro deve ser investido no próximo objetivo e sonho de Shimon Hayut, uma carreira em Hollywood.

O ‘golpista’, mesmo após, alegadamente, roubar mais de 10 milhões de dólares de mulheres que manipulou, foi contratado pela agente de talentos Gina Rodriguez. Nesse novo caminho, Simon pretende criar um podcast, um livro com dicas de namoro e, principalmente, um programa de namoro com mulheres querendo conquistá-lo.