Notícias » Grécia

Grécia: Projeto de reforma da Acrópole de Atenas é alvo de críticas

O governo grego é acusado de danificar uma herança histórica, considerada um patrimônio mundial da Unesco. Entenda!

Penélope Coelho Publicado em 07/06/2021, às 07h18

Uma visão geral do Partenon
Uma visão geral do Partenon - Getty Images

De acordo com informações da agência de notícias RFI, publicadas pelo G1, no último sábado, 5, um projeto de reforma da Acrópole de Atenas, na Grécia, foi alvo de críticas no país.

Segundo revelado na publicação, o governo grego está sendo acusado de danificar um patrimônio mundial da Unesco, considerado como uma herança histórica de valor inestimável.

A reportagem revela que o problema está relacionado a uma nova passarela de concreto, que foi construída em dezembro. A obra tinha o objetivo de tornar o local mais inclusivo, para facilitar o acesso de pessoas com mobilidade reduzida.

Contudo, críticos afirmam que a reforma foi feita sem os cuidados necessários para preservar o monumento do século 5 a.C. A obra foi chamada de “incongruente” e “sufocante” por arquitetos.

O governo da Grécia, por sua vez, afirma que tomou todos os cuidados necessários, e que as críticas partem de opositores. Autoridades locais acrescentam que a reforma da Acrópole, que custou cerca de 1,5 bilhão de euros, era necessária já que os visitantes se acidentavam frequentemente nas trilhas ao redor.

A obra contou também com a melhoria da iluminação e com um elevador para pessoas com deficiência. Sabe-se que antes da pandemia, no ano de 2019, mais de 3,5 milhões de pessoas visitaram o local.