Notícias » Estados Unidos

Homem negro é morto a tiros após comemoração nos EUA

Marquies Patterson foi baleado depois de uma comemoração que visava a vitória de Joe Biden nas eleições americanas

Caio Tortamano Publicado em 09/11/2020, às 17h31

Marquies Patterson foi morto saindo de um comício em comemoração a vitória de Joe Biden
Marquies Patterson foi morto saindo de um comício em comemoração a vitória de Joe Biden - Divulgação - Facebook

Após sair de uma comemoração pós-eleição de Joe Biden, nos Estados Unidos, um homem de 31 anos foi morto a tiros enquanto voltava para casa. Marquies Demone Patterson estava em um comício no Parque Cal Anderson, em Seattle, quando foi atingido por um projétil, a polícia afirma não acreditar que a morte teve motivações políticas.

De acordo com o portal UOL, os policiais atenderam a uma chamada de tiroteio e em seguida se depararam com Patterson já abatido. Apesar da tentativa de primeiros socorros até a chegada de uma ambulância, o rapaz morreu pouco depois de chegar ao hospital.

A mãe de Marquies, Que Vasser, contou que o filho participou da comemoração democrata com amigos de longa data, e que os colegas contaram que, no momento dos disparos, eles já tinham se despedido e Patterson estava sozinho.

A morte ainda está sendo investigada, entretanto, um porta-voz da polícia afirmou que ainda não existe nenhum suspeito sob custódia. Marquies deixa dois filhos, um de 9 anos e outro de 10 anos de idade.