Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Bitcoin

Homem que jogou fora milhões de dólares em bitcoins quer desenterrar aterro sanitário

Um engenheiro de computação da Grã-Bretanha está em uma jornada para tentar recuperar os milhões perdidos

Ingredi Brunato, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 02/08/2022, às 13h00

James Howells - Divulgação/ Youtube/ BBC News e Divulgação/ Pixabay/ EivindPedersen
James Howells - Divulgação/ Youtube/ BBC News e Divulgação/ Pixabay/ EivindPedersen

Em 2013, James Howells, que é engenheiro de computação, estava limpando seu escritório e acabou descartando o disco rígido de um notebook que continha nada menos que 150 milhões de libras esterlinas em bitcoins dentro (ou o equivalente a cerca de 960 milhões de reais, na cotação atual). 

O acidente tem causado arrependimento ao homem desde então, que acredita que a peça tenha ido parar em um aterro sanitário da cidade de Newport, localizada no País de Gales. 

Para tentar recuperar o objeto, o profissional de 37 anos recentemente fez uma proposta curiosa ao conselho do local, segundo informações repercutidas pelo The Guardian.

Howells quer desenterrar o aterro, usando um equipamento movido a um algoritmo de inteligência artificial para filtrar o lixo à procura do disco rígido. Enquanto isso, a segurança do local seria garantida por cachorros-robôs. 

Independentemente do resultado de sua ambiciosa operação, porém, em que não é possível garantir que o objeto realmente será encontrado, o especialista em tecnologia promete limpar o terreno e construir uma usina de energia eólica na propriedade.

“Temos uma lista completa de incentivos, de bons casos que gostaríamos de fazer para a comunidade", afirmou, segundo apurado pelo veículo britânico. 

Gostaríamos de montar uma instalação de mineração de propriedade da comunidade que está usando essa eletricidade limpa para criar bitcoin para o povo de Newport", continuou o engenheiro de computação. 

A reação do conselho 

As autoridades da cidade, todavia, já recusaram um plano anterior de Howells, e não parecem que vão mudar de opinião a respeito do destino do aterro sanitário no futuro próximo. 

Temos deveres estatutários que devemos cumprir na gestão do aterro. Parte disso é gerenciar o risco ecológico para o local e a área mais ampla. As propostas de Howells representam um risco ecológico significativo que não podemos aceitar e, de fato, somos impedidos de considerar pelos termos de nossa licença”, afirmou o órgão através de um comunicado. 

+ O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.