Notícias » Brasil

Idosa anuncia a própria morte em vídeo gravado por jornalista

Responsável por narrar os obituários de Fátima do Sul (MS), Dona Vicentina fez questão de noticiar o dia de seu falecimento

Pamela Malva Publicado em 30/01/2021, às 09h30

Fotografia de Dona Vicentina
Fotografia de Dona Vicentina - Divulgação/Leandro Santos

Por trás de um auto-falante, a voz de Vicentina Diniz era uma das mais conhecidas de Fátima do Sul, no Mato Grosso do Sul. Isso porque, com a ajuda do dispositivo instalado na cidade há 50 anos, a idosa anunciava o obituário dos moradores locais.

Acostumada a noticiar a morte de tantas pessoas, Vicentina um dia se deparou com uma pergunta curiosa. Durante uma entrevista com Leandro Santos, o jornalista indagou: "Quem anunciará a sua morte?". Antes disso, ela nunca tinha pensado nesse assunto.

Foi assim que Dona Vicentina teve a ideia de gravar seu próprio obituário, com a ajuda do jornalista que, além de cenógrafo, também ficou responsável por guardar o vídeo. Anos mais tarde, então, Leandro infelizmente teve de divulgar as imagens.

Dona Vicentina no vídeo de seu obituário / Crédito: Divulgação/Leandro Santos

 

"Guardei por dois anos os vídeos. Foi uma responsabilidade muito grande, ao mesmo tempo foi emocionante”, narra o jornalista. “Quando descobri que ela tinha falecido, procurei o vídeo e avisei a família, que assistiu a memória logo após.”

No dia 2 de janeiro de 2021, Dona Vicentina foi vítima de complicações no quadro de diabetes, aos 77 anos. Por aqui, ela deixou três filhas e, para uma delas, Soraya Diniz, o vídeo do obituário da mãe foi uma surpresa. “Minha mãe era tudo para mim, tenho muito orgulho do que ela foi e do trabalho que ela exercia na cidade”, conta.

"Faleceu hoje nesta cidade a Senhora Vicentina Diniz, a qual, por muito tempo, anunciou aos seus ouvintes os falecidos da cidade", narra a idosa, no vídeo de seu próprio obituário. "Deixo com muita tristeza este anúncio. A todas as pessoas, eu agradeço. E fiquem em paz, porque eu estou em paz."