Notícias » Arqueologia

Inúmeros objetos de antiga aldeia são desenterrados em província canadense

“Não se esqueça, nós estivemos aqui o tempo todo, isso não é história antiga", disse liderança indígena sobre os achados da escavação

Ingredi Brunato Publicado em 21/10/2020, às 15h12

Fotografia mostrando alguns dos objetos encontrados
Fotografia mostrando alguns dos objetos encontrados - Divulgação/ Twitter

Na província de Ontário, no Canadá, escavações recentes em uma rodovia revelaram uma impressionante quantidade de objetos no que foi identificado como uma aldeia que existiu entre os anos 1300 e 1600. As informações foram divulgadas pelo Kitchener Today, veículo que cobre notícias da cidade onde foi feita a descoberta. 

Entre os achados estão materiais ósseos, ferramentas de pedra, cerâmicas, feijão e milho carbonizados, e vestígios de casas, com até mesmo a presença de lareiras

“Normalmente, na arqueologia, quando você tem uma rodovia, supõe que a extensão local teria removido completamente o sítio arqueológico. Neste caso, fez o contrário; ele cobriu esses artefatos sob quase um metro e oitenta de camadas de asfalto - então estamos no processo de escavação.”, explicou a arqueóloga Barbara Slim ao Kitchener Today. 

Fotografia da escavação, com equipe usando método em que faz busca em pequenas porções de terra por vez  Crédito: Divulgação/ Twitter

 

As equipes de pesquisadores também estão realizando o projeto em parceria com lideranças indígenas locais, que estão interessados em educar os moradores locais sobre a história de Ontário. 

“Não se esqueça, nós estivemos aqui o tempo todo, isso não é história antiga. Espero que, ao ter esses artefatos acessíveis à comunidade e interpretados por ela, isso dê esse espaço para que essas conversas aconteçam.”, comentou sobre o caso a historiadora Heather George, que também pertence à tribo Mohawk, em entrevista para a CBC News.