Notícias » Crimes

Júri mostra foto de Jeffrey Epstein em residência de Elizabeth II

O financista foi condenado abuso e tráfico sexual; ele era amigo do filho da rainha, Andrew

Penélope Coelho Publicado em 09/12/2021, às 10h52

Epstein e Maxwell fotografados no palácio de Balmoral
Epstein e Maxwell fotografados no palácio de Balmoral - Divulgação/SDNY do Ministério Público dos EUA

Durante julgamento de Ghislaine Maxwell — acusada de aliciar jovens para serem abusadas por Jeffrey Epstein — um tribunal nos EUA apresentou uma foto dos dois, que supostamente foi tirada em uma das residências da rainha Elizabeth II.

A fotografia do ano de 1990 mostra Maxwell e Epstein relaxando no local que seria o palácio de Balmoral, na Escócia. As informações foram publicadas nesta quarta-feira, 9, pela BBC.

Na ocasião em que a imagem foi capturada, o financista — condenado posteriormente por abuso e tráfico sexual — teria ido ao local por convite do filho da monarca, príncipe Andrew.

De acordo com a reportagem, o júri entrou com o recurso de mostrar a fotografia para provar que Ghislaine e Jeffrey eram próximos. Contudo, a imagem também traz à tona novamente o envolvimento do duque de York com o criminoso, que tirou a própria vida na prisão, em 2019. 

Sabe-se Virginia Roberts acusa o príncipe Andrew de ter abusado dela, quando a jovem ainda era menor de idade. O homem, por sua vez, nega as denúncias.