Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Amante

Justiça chinesa condena mulher a pagar R$ 3 milhões para esposa do seu amante

Mulher chinesa é condenada a reembolsar gastos a esposa do amante

Redação Publicado em 03/08/2022, às 13h40

Pixabay
Pixabay

Uma mulher chinesa foi condenada a indenizar a esposa do seu amante em 3,79 milhões de yuan (equivalente a cerca de R$ 3 milhões).

Segundo o 'South China Morning Post', o Tribunal Popular de Zhuanghe (Liaoning, China) decretou como ganho de causa a então esposa do marido, Li. A mulher traída exigiu na Justiça que a amante "devolvesse a ela todos os bens materiais que havia recebido durante o relacionamento extraconjugal".

Segundo as audiências, Wang era casado com Li desde 1991, mas a esposa só foi descobrir que estava sendo traída quase 12 anos depois, em 2020, após analisar as contas do marido e perceber constantes remessas de dinheiro para amante, identificada pelo pseudônimo de Xiaoxia.

Wang admitiu o caso extraconjugal, e contou que teve um filho com Xiaoxia, que agora tem 10 anos, e o ampara há anos.

Gastos

As provas mostradas no tribunal, comprovando os gastos do marido com a amante foram: transferiu 1,47 milhão de yuans (quase R$ 1,2 milhão) para ela entre 2013 e 2020, comprou dois apartamentos no valor total de 1,45 milhão de yuans (R$ 1,1 milhão) e doou um carro no valor de 870.000 yuans (R$ 680 mil).

A amante afirmou no tribunal que nunca soube que Wang era casado e que o dinheiro que ela recebeu ao longo dos anos foi para pensão alimentícia, porém, a Justiça chinesa negou e informou que este caso era sobre propriedades e não arquivos de pensão alimentícia.

De acordo com a lei chinesa, nenhuma das partes em um casamento pode gastar os bens conjuntos do casal sem o consentimento da outra parte, como Li não sabia dos gastos do marido, a amante precisará "reembolsar" os gastos do homem com quem teve um relacionamento extraconjugal.

Por fim, a justiça concedeu a ela a opção de abrir um caso separado e processar Wang por pensão alimentícia, e completaram informando que o relacionamento deles "vai contra os costumes públicos"


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.