Notícias » Família Real Britânica

Justiça dos EUA determina prazo para príncipe Andrew responder perguntas sobre acusações de assédio sexual

O filho da rainha Elizabeth II enfrenta denúncias de Virginia Giuffre

Penélope Coelho Publicado em 26/10/2021, às 14h31

Príncipe Andrew, em 2019
Príncipe Andrew, em 2019 - Getty Images

Nesta terça-feira, 26, um juiz dos Estados Unidos definiu um prazo para que o príncipe Andrew, filho da rainha Elizabeth II, responda às perguntas a respeito de acusações de assédio sexual.

Com a decisão, o duque de York terá até o meio de julho de 2022 para dar uma resposta. Sabe-se que o homem é acusado por Virginia Giuffre de ter cometido agressões sexuais contra ela, em Nova York, no ano de 2001.

A norte-americana alega que foi uma das vítimas da rede criminosa de Jeffrey Epstein. Virginia afirma que teria sido obrigada a manter relações sexuais com Andrew, quando tinha somente 17 anos. O príncipe nega as acusações. As informações são da BBC.

No caso que ocorre nos Estados Unidos, as testemunhas devem depor no mesmo período, sob juramento.

No Reino Unido, as autoridades informaram recentemente que a análise das acusações de abuso envolvendo o duque de York foi “concluída” e que não tomarão mais nenhuma ação contra o filho da monarca.