Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Afeganistão

Líder supremo do Talibã ordena caça a infiltrados no grupo extremista

A decisão foi anunciada após a ocorrência de uma série de atentados promovidos por adversários

Redação Publicado em 04/11/2021, às 11h59

Membros do Talibã armados - Getty Images
Membros do Talibã armados - Getty Images

Hibatullah Akhundzada, o "líder supremo" do Talibã, ordenou aos demais comandantes do grupo extremista que encontrem e "erradiquem" todos os possíveis infiltrados no movimento. A decisão surge em meio a uma série de ataques violentos promovidos por adversários para tentar desestabilizar o atual governo.

"Todos os veteranos (...) devem inspecionar suas fileiras e comprovar que não há entidades desconhecidas que trabalham contra a vontade do governo e erradicá-las o mais rápido possível", disse Akhundzada nesta quinta-feira, 4.

Segundo informações do UOL, ao menos 19 pessoas foram mortas e outras 50 ficaram feridas após um atentado promovido pelo Estado Islâmico a um hospital na última terça-feira. Entre as vítimas estava o alto-comandante do talibã Hamdullah Mokhlis, a baixa mais importante desde que o grupo fundamentalista tomou o poder em 15 de agosto.

Conforme declarou Hibatullah Akhundzada, cada responsável de unidade agora terá que "conhecer e passar um tempo com cada um de seus combatentes para ajudá-los em seu trabalho e comportamentos". No entanto, ressaltou o líder, "nenhum combatente deve ser tratado de forma cruel ou violenta".