Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Criança é resgatada após dois dias em floresta: 'Faminto, com sede e frio', dizem autoridades

Mesmo 2 dias longe de casa, o menino estava com bom-humor no momento do resgate

Alan de Oliveira | @baco.deoli sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 08/06/2022, às 12h35

Menino que se perdeu em mata, com temperatura abaixo de 0ºC - Divulgação/ Polícia do Condado de Lincoln
Menino que se perdeu em mata, com temperatura abaixo de 0ºC - Divulgação/ Polícia do Condado de Lincoln

Um menino de quatro anos foi resgatado dois dias após se perder em uma área arborizada em Montana, estado do país norte-americano, Estados Unidos. O garoto identificado como Ryker Webb, foi encontrado "faminto, com sede e frio" depois que ele desapareceu de sua casa no final da tarde da sexta-feira, 3.

Vizinhos relataram o incidente à polícia cerca de duas horas depois. Sua família disse que ele foi visto pela última vez brincando com seu cachorro de estimação no quintal da casa localizada na cidade Troy.

Os responsáveis pelo resgate detalharam que Webb teve que suportar o frio severo da região durante todo o tempo que ficou perdido. Apesar das condições debilitantes e fracas do menino, ele não aparentou nenhum ferimento grave.

Além dos bombeiros em terra, cães farejadores, helicópteros, drones e barcos foram mobilizados para encontrar as crianças, totalizando mais de 50 pessoas que participaram da operação de busca e resgate, segundo a Polícia do Condado de Lincoln.

O resgate

Pela neblina, o trabalho de resgate levou muito mais tempo do que o esperado, não era visível boa parte da região onde foram feitas as buscas. Mas, por sorte, o garotinho foi encontrado em uma zona de matas, notavelmente afetado pelo frio de -4 °C, por estar com os lábios roxos e seu corpo frio.

Segundo as autoridades, Ryker estava em um local a cerca de 4 km de sua casa. Ele estava "bem-humorado e aparentemente saudável, apesar de faminto, com sede e com frio", informou o xerife local em declaração apurada pelo jornal The New York Post e repercutida no portal UOL.

De imediato, a criança foi levada ao hospital mais próximo para a realização de exames médicos.