Notícias » Crimes

Molly Shannon diz ter sido abusada sexualmente por Gary Coleman

Em podcast, a comediante contou detalhes do caso envolvendo o astro do seriado 'Arnold'; entenda

Alan de Oliveira | @baco.deoli sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 14/04/2022, às 08h03

Gary Coleman e Molly Shannon
Gary Coleman e Molly Shannon - Getty Images

Em entrevista realizada na última terça-feira, 12, no programa de rádio estadunidense, "The Howard Stern Show", a atriz e comediante MollyShannon revelou ter sido abusada sexualmente pelo ator GaryColeman. Segundo ela, o caso ocorreu quando ela assinou contrato com o mesmo empresário que o ator e teve a chance de conhecê-lo pessoalmente.

Molly afirma que tudo começou na assinatura do contrato, ela foi para um hotel onde Gary estava hospedado. Após os trâmites empresariais, ele pediu para ela sentar na cama começando a violência. 

“Ele foi implacável. Então, ele estava tentando me beijar e ficar por cima e eu fiquei tipo, ‘não, Gary. pare’. Então, eu o empurro. Eu ia sair da cama, então, ele pulava na cama. Pulava, pulava, pulava. E se envolvia em torno de mim. Então, eu o afastava. E ele ficou em cima de mim“, relembrou a comediante.

Shannon ainda continuou: 

“Ele agarrou na minha perna e eu estava tipo [tentando] chutá-lo. E então, eu me tranco no banheiro e ele enfia as mãos por baixo da porta. E ele disse, ‘Eu posso te ver'”. Por fim, ela disse que conseguiu escapar do quarto e avisou seu agente para vigiar melhor Coleman. “Eu gostaria de ter me defendido mais“, finalizou.

Veja vídeo (em inglês) do relato:

O estrelado de Gary Coleman e Moly Shannon

Falecido em 2010, em decorrência de complicações cardíacas após queda de uma escada, Gary Coleman ficou mundialmente conhecido nos anos 1990, após a exibição do seriado “Arnold” (famoso no Brasil pela exibição no SBT) que gravou ainda quando criança e adolescente, entre outras produções de comédia.

Molly Shannon, ficou muito conhecida por seus trabalhos no “Saturday Nigh Live”, onde participou do casting de 1995 até 2001. Também começou a se destacar pelos trabalhos como escritora e dubladora.