Notícias » Crimes

Morre de coronavírus serial killer que fazia doces com os restos mortais de suas vítimas

Sofia Zhukova, de 81 anos, esperava julgamento na Rússia quando foi acometida pela doença em dezembro

Alana Sousa Publicado em 06/01/2021, às 14h00

A serial killer Sofia Zhukova na cadeia
A serial killer Sofia Zhukova na cadeia - Divulgação

De acordo com o portal UOL, a serial killer de 81 anos, Sofia Zhukova, morreu por complicações do novo coronavírus no último dia 29 de dezembro. A notícia que só foi divulgada nesta quarta-feira, 6, está repercutindo ao redor do mundo.

A idosa havia sido acusada de assassinar três pessoas, entre elas uma garota de sete anos. Após matar as vítimas, Sofia fazia doces com a carne de suas vítimas. Além das acusações oficiais, acredita-se que a mulher esteja por trás da morte de outras quatro pessoas.

Ela esperava julgamento em uma prisão da Rússia quando foi acometida pelo vírus que está assolando o mundo. Zhukova foi levada para um hospital, onde permaneceu internada, mas não conseguiu sobreviver a doença.

A serial killer ficou conhecida internacionalmente depois da divulgação de vídeos em que ela encenava com um machado como tinha matado uma de suas vítimas. Apesar de cozinhar a carne humana, a idosa afirmou para a polícia que não era canibal.

Uma das pessoas que perderam a vida nas mãos de Sofia era o zelador Vasily Shlyakhtich, o qual ela acusou de abusá-la sexualmente e que a morte fora uma forma de legítima defesa. Em um de seus relatos, a assassina disse: “Eu matei o zelador, mas ele me estuprou. O que você acha que eu deveria ter feito? Piquei ele com um machado”.

Sobre a Covid-19

Em 1º de dezembro de 2019, o primeiro paciente apresentava sintomas do novo coronavírus em Wuhan, epicentro da doença na China, apontou um estudo publicado na revista científica The Lancet em fevereiro deste ano.  

De lá pra cá, a doença já infectou 85.689.897 milhões de pessoas ao redor do mundo, totalizando mais de 1.853.725 milhão de mortes, sendo mais de 190 mil delas apenas no Brasil, que está no segundo lugar entre os países onde mais pessoas morrerem por complicações da Covid-19. O primeiro deles é os EUA, com mais de 353 mil.


+Saiba mais sobre serial killers por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Psicopata Americano, de Bret Easton Ellis (2020) - https://amzn.to/34yE1t1

Serial Killers - Anatomia do Mal: Entre na mente dos psicopatas, de Harold Schrechter (2019) - https://amzn.to/39YVlGK

De frente com o serial killer, de Mark Olshaker e John E. Douglas (2019) - https://amzn.to/2UX47R4

Lady Killers: As mulheres mais letais da história, de Tori Telfer (2019) - https://amzn.to/3c7BoPb

Mindhunter: O Primeiro Caçador de Serial Killers, de John Douglas e Olshaker Mark (2017) - https://amzn.to/2xccb7L

Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado, de Ann Rule (2019) - https://amzn.to/3cauuc9

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W