Notícias » Personagem

"Não é sobre partidos, é sobre humanidade”: Ivete Sangalo fala sobre mortes da Covid-19

A cantora comentou sobre as 500 mil vidas perdidas para o coronavírus em post no Instagram e gerou reações adversas da web

Alana Sousa Publicado em 22/06/2021, às 12h15

Ivete Sangalo durante a partida final da Copa do Mundo em 2014
Ivete Sangalo durante a partida final da Copa do Mundo em 2014 - Getty Images

No último domingo, 20, a cantora Ivete Sangalo utilizou sua conta no Instagram para comentar sobre a marca atingida pelo Brasil de 500 mil mortes em decorrência da Covid-19. Na publicação, a baiana trouce uma imagem simples e uma legenda que causou reações distintas na web.

Ao lado de uma foto com fundo preto onde é possível ler ‘500 mil mortos’, Ivete escreveu: “Não é natural. Não é uma mentira. É estarrecedor pensar sobre as milhares de vidas ceifadas e dores irreparáveis em torno dessas perdas. Não é sobre partidos, é sobre humanidade”.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Veveta (@ivetesangalo)

 

Constantemente cobrada para se posicionar publicamente contra o atual governo de Jair Bolsonaro, os internautas se dividiram na reação da postagem da artista. Enquanto uns a apoiaram por se indignar com tantas vítimas do coronavírus, para outros não foi o suficiente.

Um seguidor escreveu: “É sobre falta de vacina. Quem não comprou vacina?”. E outro contrariou sua fala: “É sobre gestão, irresponsabilidade, negacionismo e incompetência”.

Sobre a Covid-19

Segundo as últimas informações divulgadas pelos órgãos de saúde, atualmente, o Brasil já registra 18 milhões de pessoas infectadas, enquanto as mortes em decorrência da doença já chegam ao índice de 503 mil no país.

Em 1º de dezembro de 2019, o primeiro paciente apresentava sintomas do novo coronavírus em Wuhan, epicentro da doença na China, apontou um estudo publicado na revista científica The Lancet em fevereiro deste ano.