Notícias » Entretenimento

Nicolas Cage relembra momento em que comeu barata viva no filme 'Um Estranho Vampiro'

Ator fala sobre os altos e baixos da carreira com a estreia do filme “O peso do talento”

Redação Publicado em 12/05/2022, às 15h18

Nicolas Cage em “Um Estranho Vampiro” (1989).
Nicolas Cage em “Um Estranho Vampiro” (1989). - Divulgação/Hemdale Film Corporation

Nicolas Cage relembrou alguns dos momentos mais marcantes de sua carreira enquanto avalia seus altos e baixos com o lançamento de “O peso do talento”, filme dirigido por Tom Gormican que chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, 12.

Em entrevista ao jornal americano New York Times, repercutida pelo O Globo, o ator destacou um de seus arrependimentos: comer uma barata viva enquanto filmava “Um Estranho Vampiro” (1989).

“Ainda me sinto mal pela barata. Não consigo evitar”, lamentou Cage.

Com um Oscar na conta por “Despedida em Las Vegas” (1996) e mais de cem filmes, o artista reflete sobre sua carreira em seu mais novo trabalho, onde interpreta duas versões de si mesmo.

Uma delas é Nick Cage, homem endividado e emocionalmente frágil, enquanto o outro é Nicky Cage, que seria uma réplica do seu eu do passado, mais rejuvenescido e desagradável.

Ainda pensando sobre os filmes dos quais participou, Cage reconhece que muitos deles não deram certo tanto na crítica quanto para o público. Mesmo assim, garante que todos possuem pelo menos uma cena ou elemento que trazem orgulho a ele.

“Quero deixar isso claro”, começou. “Seja qual for essa percepção ou aura que a internet ou certos críticos possam ter, há um fato real, na minha opinião: tudo o que fiz para me livrar das dívidas foi feito com o mesmo mesmo nível de comprometimento que eu sempre tive”.

Ele continuou: “Defendo o meu trabalho. E se neste filme há cenas questionando ‘o que aconteceu com você?’, o fato é que eu consegui interpretar Nick Cage do jeito que fiz porque nunca parei de trabalhar. Continuei praticando e aprimorando”.