Notícias » Estados Unidos

Nos EUA, casal é processado após danificar mural do movimento Black Lives Matter

A ação gerou revolta depois que um vídeo capturando o momento começou a circular em redes sociais

Caio Tortamano Publicado em 08/07/2020, às 14h25

Momento do vídeo em que mulher vandaliza mural na Califórnia
Momento do vídeo em que mulher vandaliza mural na Califórnia - Divulgação - Twitter

Depois de vandalizar um mural em homenagem ao movimento antirracista Black Lives Matter, um casal branco será processado pelo estado da Califórnia — onde a ação ocorreu —  por três contravenções, entre elas crime de ódio, de acordo com informações do portal UOL.

Os responsáveis pelo crime são um homem de 53 anos e uma mulher de 42 da cidade de Martinez. Eles tiveram a triste ação filmada por testemunhas e compartilhadas nas redes sociais. O mural, realizado no asfalto de uma rua com a permissão da prefeitura, foi manchado de tinta preta pelo casal.

No vídeo compartilhado na internet, o homem aparece filmando a ação da mulher com um celular enquanto usa uma camiseta vermelha com mensagens de apoio em prol da reeleição de Donald Trump. A mulher, extremamente exaltada, grita palavrões e afirma não acreditar que isso está acontecendo em sua cidade.

A procuradora do condado, Diana Becton, quando questionada sobre a situação afirmou: "O mural concluído no último final de semana era uma maneira pacífica e poderosa de comunicar a importância do Black Lives no Condado de Contra Costa e no país". O casal terá que pagar uma multa de 400 dólares pela vandalização, e responderão por violação dos direitos civis.