Notícias » Brasil

O que aconteceu com o jovem que teve a barriga aberta em praia do ES?

Caso aconteceu entre os dias 15 e 16 de janeiro de 2022; relembre!

Fabio Previdelli Publicado em 19/03/2022, às 08h51

Imagens de câmeras de segurança mostram jovem sendo resgatado
Imagens de câmeras de segurança mostram jovem sendo resgatado - Divulgação

Dois meses depois de acordar com um corte profundo na barriga e parte do intestino exposto, o jovem de 20 anos recebeu alta médica na última quinta-feira, 17. O caso aconteceu na Praia do Ermitão, em Guarapari, no Espírito Santo, no dia 16 de janeiro.

A informação foi repassada em nota pelo Vitória Apart Hospital, onde ele estava internado. "Informamos que o paciente apresentou boa evolução durante o período de internação, tendo recebido alta hospitalar nesta quinta-feira".

De acordo com o advogado da vítima, Lecio Silva Machado, devido a um pedido familiar, mais detalhes do caso só serão repassados após o final do inquérito. Até o momento, sabe-se, conforme aponta matéria do UOL, que o jovem estava em companhia de sua namorada. 

Os dois haviam saído juntos na noite do dia 15 de janeiro. Segundo a jovem disse à polícia, eles chegaram a consumir drogas sintéticas. Entretanto, ela alega não se lembrar de nada do que aconteceu antes de “acordar”. Quando retomou a consciência, a jovem viu seu namorado com a cabeça em seu colo e com a barriga cortada

Ela conta sempre que eles foram à praia para fazer uma despedida. Transaram, tomaram banho de mar à noite, ficaram lá, tomaram duas taças de vinho, até que o menino tirou um LSD, dividiu pra eles. Quando ela acordou, ele tava deitado com a cabeça no colo dela e com a barriga toda sangrando", apontou uma fonte que investiga o caso. 

Conforme noticiado pela equipe do site do Aventuras na História, Lecio Machadoconfirmou que a jovem não foi a responsável por abrir a barriga da vítima. Familiares defendem a hipótese de que os dois foram atacados por uma terceira pessoa durante um “luau a dois”.

Como tudo aconteceu?

Por volta das 23 horas do dia 15 de janeiro, o casal teria ido até a Praia do Ermitão, que fica no Parque Municipal Morro da Pescaria. Para chegar até o local, é preciso cruzar uma trilha de cerca de 1 quilômetro. 

Por volta das 4 horas da manhã do dia 16, a jovem teria saído do local em busca de ajuda. Desesperada,  ela telefonou para seus pais e pediu ajuda para um segurança do parque. Conforme aponta o UOL, câmeras de segurança registram os dois momentos. 

Nas imagens, é possível ver a dupla invadindo a praia pelas pedras, quatro horas depois que o parque fechou. A outra parte da gravação dá conta da garota, já pela manhã, encontrando seu pai em um píer. O contato com um vigilante local é feito em sequência. Há também o registro da equipe de resgate chegando ao local.