Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / São Paulo

Ônibus: SP terá catraca livre aos domingos; veja a data de início

Segundo o prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes, se a medida for um sucesso, a intenção é implementar a gratuidade também nos dias úteis

Redação Publicado em 11/12/2023, às 19h53 - Atualizado às 19h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem de um ônibus da capital paulista - Licença Creative Commons via Wikimedia Commons
Imagem de um ônibus da capital paulista - Licença Creative Commons via Wikimedia Commons

Nesta segunda-feira, 11, o prefeito da cidade de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) anunciou que os ônibus da cidade irão funcionar gratuitamente aos domingos, com a tarifa zero disponível a partir do próximo dia 17 de dezembro. 

A gratuidade valerá para todos os usuários dos 4.830 ônibus da cidade, distribuídos em 1175 linhas, entre as 0h e às 23h59. Além disso, a tarifa zero será cumprida no Natal, Ano-Novo e no Aniversário de São Paulo, celebrado no dia 25 de janeiro.

Conforme repercutido pelo G1, Nunes já havia previsto a implementação da tarifa zero ainda este ano. O prefeito também garantiu que não será necessário o aumento no número de ônibus que circularão nos dias de gratuidade. “A própria ociosidade vai poder assimilar essa demanda. As pessoas vão poder curtir e viver a cidade, ter suas ações desenvolvidas de esporte cultura e lazer”, explicou o político.

Quando questionado sobre a duração desta medida, Nunes não estipulou um prazo. Segundo ele, “a intenção é manter a gratuidade pra sempre”. Também é importante ressaltar que a tarifa zero só vale par os ônibus. “Não é necessário que Metrô e CPTM tenham a gratuidade. Os ônibus atendem 100% nosso objetivo”, completou o prefeito.

Outros detalhes

Na última quarta-feira, 6, o relatório que determina a tarifa zero foi aprovado pela Câmara Municipal de São Paulo. Na ocasião, o vereador Fábio Riva (PSDB) explicou que o órgão legislativo “também fez um estudo importante para que isso possa se tornar uma realidade, é preciso um exercício financeiro. A comissão de finanças já reservou uma rubrica a respeito do projeto”.

Nunes ainda esclareceu que a implementação da gratuidade nos últimos domingos do ano tem como propósito impulsionar a economia da capital paulista no período de celebrações de fim de ano, como um teste para a possível implementação da catraca livre nos dias úteis. 

O que a gente está pensando, e ainda não está definido, é iniciar o processo para sentir como vai ser o comportamento, se a tarifa zero ela vai trazer realmente um ganho para a economia, um movimento econômico maior. E a ideia é que a gente inicie dando o transporte gratuito para domingo ou para o período noturno. É uma das duas situações, que a gente vai colocar”, concluiu o prefeito.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!