Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Oppenheimer

Oppenheimer: Erro histórico em filme do pai da bomba atômica gera teoria

Internautas encontraram erro histórico em novo filme de Christopher Nolan; entenda!

Fabio Previdelli

por Fabio Previdelli

fprevidelli_colab@caras.com.br

Publicado em 24/07/2023, às 16h53 - Atualizado às 18h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena do filme 'Oppenheimer' (2023) - Divulgação/Universal Pictures
Cena do filme 'Oppenheimer' (2023) - Divulgação/Universal Pictures

Oppenheimer estreou na semana passada sob elogios do público e da crítica. Mas os olhos mais atentos perceberam um erro histórico no novo filme dirigido por Christopher Nolan: a bandeira norte-americana.

Em uma cena, Cillian Murphy, que dá vida ao físico J. Robert Oppenheimer, discursa em meio a uma multidão. Ao fundo, bandeiras dos Estados Unidos tremulam. E o erro está justamente nesta cena.

+ Por que Albert Einstein aparece em 'Oppenheimer'?

Afinal, conforme aponta a CNN Brasil, a bandeira usada possui 50 estrelas, que representam os 50 estados norte-americanos. Entretanto, naquele ano, 1945, o país só tinha 48 estrelas — visto que as estrelas referentes ao Alasca e Havaí só foram incluídas em 4 de julho de 1960.

Foi bom e tudo, mas eu vou ser aquele cara e reclamar que eles usaram bandeiras de 50 estrelas em uma cena ambientada em 1945", escreveu Andy Craig em seu Twitter.
Cena em que Oppenheimer (Cillian Murphy) discursa em meio às bandeiras/ Crédito: Divulgação/Universal Pictures

A teoria

O erro, porém, é corrigido em outra cena que se passa no mesmo ano, quando a bandeira atrás de Oppenheimer aparece com a quantidade correta de estrelas. O equívoco, porém, gerou uma teoria levantada por outro usuário:

"Posso argumentar que isso foi feito intencionalmente, já que as cenas coloridas eram da perspectiva de Oppenheimer, enquanto as cenas em preto e branco eram de objetivas. Esta seria uma lembrança de Oppenheimer de sua memória atual, que tem 50 estados na bandeira."

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!