Notícias » São Paulo

Pai que furtou alimentos tem pedido de liberdade negado

O homem desempregado tem seis filhos e afirma que está passando necessidade; o caso aconteceu em SP

Penélope Coelho Publicado em 09/12/2021, às 10h32

Imagem ilustrativa de pratos vazios
Imagem ilustrativa de pratos vazios - Getty Images

Na última quarta-feira, 8, a Justiça de São Paulo negou dois pedidos de liberdade realizados pela Defensoria Pública, a respeito de um homem desempregado que furtou alimentos em um mercado da Zona Norte de SP.

Na última terça-feira, 7, o homem de 49 anos e pai de seis filhos, foi flagrado com produtos escondidos entre suas roupas.

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias g1, tratavam-se de dois pacotes de carne seca, dois tabletes de chocolate, nove pacotes de suco em pó e um limpador de móveis, o valor total foi de R$ 231,43.

O sujeito foi pego ao tentar passar pelo caixa sem pagar. Na polícia, o homem afirmou que está enfrentando dificuldades financeiras, ele e sua esposa estão sem emprego. O cidadão afirmou que iria levar os produtos para seus familiares.

Segundo revelado na publicação, o pedido de relaxamento de prisão foi negado pela juíza de primeira instância. Sua prisão provisória foi convertida para preventiva. O homem já tinha antecedentes criminais.