Notícias » Paleontologia

Pesquisadores descobrem espécie de dinossauro com características de papagaio

O animal media 2 metros de comprimento e foi encontrado na Mongólia, sendo identificado por estudo da Universidade de Edimburgo

Wallacy Ferrari Publicado em 07/10/2020, às 09h12

Representação de dinossauro da família ‘Oksoko avarsan’
Representação de dinossauro da família ‘Oksoko avarsan’ - Michael W. Skrepnick

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Edimburgo descobriu um dinossauro com características semelhantes às de um papagaio, com um bico grande, sem dentes e com apenas dois dedos funcionais na ponta dos antebraços. O estudo, publicado na revista Royal Society Open Science, acrescenta que o animal atingia cerca de 2 metros de comprimento.

Os esqueletos, inicialmente não reconhecidos pelos pesquisadores, foram desenterrados no deserto de Gobi, na Mongólia, anos antes da conclusão sobre a espécie — agora nomeada ‘Oksoko avarsan’. Os cientistas também concluíram que os preservados restos mortais tinham relação com a família dos oviraptores, que era característica pelos três dedos.

Restos de três dinossauros preservados descansando juntos / Crédito: Gregory Funston

 

As quatro ossadas foram encontradas completas e descansando juntas ao longo de milhões de anos, durante o período Cretáceo Superior. Uma curiosa descoberta sobre a nova espécie é de que, durante a “juventude”, os dinossauros demonstravam sociabilidade, realizando ações conjuntas com outros bichos da mesma família — permitindo também sua multiplicação antes da extinção.

O líder do estudo, Gregory Funston, explicou como a variação genética auxiliou na conclusão da identificação:  “Sua mão com dois dedos nos levou a observar como a mão e o membro anterior mudaram ao longo da evolução dos oviraptores – que não havia sido estudada antes. Isso revelou algumas tendências inesperadas, que são uma peça-chave no quebra-cabeça de por que os oviraptores eram tão diversos antes da extinção que matou os dinossauros”.