Notícias » Arqueologia

Pesquisadores encontram a primeira cidade construída na Península Ibérica

Estabelecido em torno de uma necrópole antiga, o assentamento tem mais de 5 mil anos e atingiu dimensões inusitadas para a época

Pamela Malva Publicado em 05/05/2020, às 15h20

Imagem meramente ilustrativa da necrópole Los Millares
Imagem meramente ilustrativa da necrópole Los Millares - Divulgação

Novas pesquisas da Universidade de Granada identificaram a primeira cidade da Península Ibérica. Estabelecida há mais de 5 mil anos, a civilização foi construída em torno da necrópole Los Millares, em Almería, na Espanha.

Segundo as informações publicadas na revista Arqueologia e Ciências Antropológicas, a cidade descoberta é um dos sítios arqueológicos mais importantes da Europa Ocidental. Com quase 19 hectares, o assentamento apresentava 13 fortes defensivos, quatro linhas de muralhas e a necrópole com túmulos coletivos.

De acordo com os pesquisadores da Universidade, foi possível definir o ano no qual a cidade foi construída a partir dos primeiros enterros realizados na necrópole. As lápides encontradas indicam que tais indivíduos foram sepultados em entre 3220 e 3125 a.C..

Dessa forma, os especialistas determinaram que a cidade tem aproximadamente 5,2 mil anos de existência. Além disso, as dimensões inusitadas da civilização mostraram que ela foi construída em um curto intervalo de tempo, atingindo um tamanho nunca antes visto na Península Ibérica