Notícias » Arte

Pintura de Van Gogh roubada durante a Segunda Guerra Mundial será leiloada

O quadro de 1888 poderá ser adquirido por até R$ 165 milhões

Penélope Coelho Publicado em 19/10/2021, às 10h43

'Meules de blé', de 1888
'Meules de blé', de 1888 - Divulgação/Christie's Images

Na noite da última segunda-feira, 18, a imprensa internacional informou que um quadro do pintor holandês, Vincent van Gogh, que havia sido roubado por nazistas, será leiloado décadas depois.

Trata-se da pintura intitulada ‘Meules de blé’ (‘Pilhas de trigo’), de 1888. A arte retrata mulheres trabalhando em Arles, na França. A obra em questão havia sido vista pela última vez pelo público em 1905.

De acordo com informações da CNN, inicialmente o quadro fazia parte do acervo do irmão de Van Gogh, Theo, até ser comprado por um judeu chamado Max Meirowsky, em 1913.

Ao ser perseguido durante a Segunda Guerra Mundial, Meirowsky achou melhor entregar a obra aos cuidados de uma colecionadora. Contudo, o quadro foi roubado por nazistas e passou a integrar uma coleção privada no castelo de Schloss Kogl, na Áustria.

Após a queda do regime nazista, a obra foi adquirida pela galeria Wildenstein & Co. em Nova York, sendo comprada por um magnata. Desde então, a pintura passou a ser alvo de um acordo entre os herdeiros.

Agora, a peça original de Van Gogh será leiloada pela casa de leilão Christie’s e o interessado deverá desembolsar até R$ 165 milhões.