Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Racismo

Piquet muda discurso sobre uso de termo racista: 'Não disse nada de errado'

Dias após se desculpar, Piquet, ex-piloto, volta atrás e nega acusações de racismo

Redação Publicado em 05/07/2022, às 16h15

Nelson Piquet, ex-piloto de de Fórmula 1 - Getty Images
Nelson Piquet, ex-piloto de de Fórmula 1 - Getty Images

Nos últimos tempos, veio à tona uma entrevista do ex-piloto de Fórmula 1 Nelson Piquet na qual se referia a Lewis Hamilton, piloto britânico, com o uso do termo "neguinho". Com isso, o brasileiro foi fortemente criticado por internautas e questionado em diversas mídias sobre o uso do termo racista.

No último sábado, 2, o ex-piloto brasileiro voltou a se pronunciar sobre o assunto durante o evento 'Le Mans Classic', na França. Segundo ele, conforme repercutido pelo UOL, nada de errado foi dito na entrevista, e se encontra despreocupado frente o assunto, e ainda incluiu que se refere até mesmo a seus amigos brancos da mesma forma.

Isso é tudo besteira, eu não sou racista. Não há nada, nada que eu disse errado. O que eu disse é uma palavra muito suave e até a usamos para alguns de nossos amigos brancos. Eu usei essa palavra quase um ano atrás na entrevista e eles inventaram isso. Isso me causou alguns problemas, mas para ser honesto com você, eu realmente não me importo", disse.

"Neguinho"

Em novembro de 2021, Nelson Piquet deu uma entrevista ao jornalista Ricardo Oliveira e, quando foi falar sobre o acidente entre Lewis Hamilton e Max Verstappen — genro de Piquet —, se referiu ao piloto inglês como "neguinho". Confira áudio do momento da entrevista:

Apesar de a entrevista ser do ano passado, somente na última semana que gerou grande repercussão nas redes sociais. Hamilton se manifestou sobre o assunto, apontando que o uso de termos semelhantes são referentes a uma "mentalidade arcaica" e que é algo que deve ser mudado.

Diante do ocorrido, Piquet se desculpou em suas redes sociais pela fala:

O que eu disse foi mal pensado, e eu não vou me defender por isso, mas eu vou deixar claro que o termo é um daqueles largamente e historicamente usados de forma coloquial no português brasileiro. [...] Eu nunca usaria a palavra que estou sendo acusado em algumas traduções. [...] Eu me desculpo com todos que foram afetados, incluindo Lewis", disse o ex-piloto brasileiro.