Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Nelson Piquet

Piquet torna-se alvo do Ministério Público após fala sobre Lewis Hamilton

Denunciado por parlamentares no Distrito Federal, o piloto pediu desculpa após usar termo racista contra o heptacampeão mundial

Wallacy Ferrari Publicado em 02/07/2022, às 10h16

Montagem de Nelson Piquet com Lewis Hamilton - Getty Images
Montagem de Nelson Piquet com Lewis Hamilton - Getty Images

O tricampeão mundial de Formula 1 Nelson Piquettornou-se alvo de denúncia protocolada pelo Ministério Público do Distrito Federal na última sexta-feira, 1, após conceder entrevista onde refere-se ao piloto britânicoLewis Hamiltoncomo "neguinho". A representação foi feita por três deputadas do PSOL, sendo elas Áurea Carolina (MG), Talíria Petrone (RJ) e Vivi Reis (PA).

De acordo com a denúncia das parlamentares, Piquet é acusado de crime de discriminação ou preconceito ao usar o termo diminutivo relacionado ao tom da pele do britânico, que é negro. A informação foi revelada através da coluna da jornalista Mônica Bergamo no jornal Folha de S. Paulo.

O brasileiro chegou a se desculpar na última quarta-feira, 29, após uma série de manifestações contrárias ao termo empregado para se referir a um heptacampeão mundial da mesma categoria onde se sagrou por três ocasiões, inclusive do próprio Hamilton, que classificou a fala como "arcaica".

Piquet acrescentou que, na legenda do vídeo, a tradução para o termo descontextualizou a fala, fato negado pela Abrates (Associação Brasileira de Tradutores e Intérpretes), afirmando que a palavra "nigga", um termo associado a escravidão na língua inglesa, foi empregada corretamente.

Relembre o caso

Em novembro de 2021, Piquet comparou o acidente que envolveu Ayrton Senna e Alain Prost de 1990 na largada do GP do Japão com o GP da Inglaterra, 31 anos depois, criticando a atitude de Lewis Hamilton. A entrevista foi publicada pelo canal especializado em automobilismo, 'Enerto', segundo o UOL.

 "O neguinho [Lewis Hamilton] meteu o carro e não deixou [desviar]. O Senna não fez isso. O Senna saiu reto. O neguinho meteu o carro e não deixou [Verstappen desviar]. O neguinho deixou o carro porque não tinha como passar dois carros naquela curva. Ele fez de sacanagem. A sorte dele foi que só o outro [Verstappen] se fodeu. Fez uma puta sacanagem", disse o ex-piloto.