Notícias » Brasil

Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão contra o cantor Sérgio Reis

Além do artista, o deputado federal Otoni de Paula também é alvo da operação, que busca investigar ameaças contra a democracia

Penélope Coelho Publicado em 20/08/2021, às 08h32

Sérgio Reis em entrevista
Sérgio Reis em entrevista - Divulgação/Youtube/Regis Tadeu

Segundo informações publicadas na manhã desta sexta-feira, 20, pelo portal de notícias G1, a Polícia Federal cumpre hoje mandados de busca e apreensão envolvendo o cantor sertanejoSérgio Reis, de 81 anos.

De acordo com a reportagem, o pedido foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e busca investigar incitação de atos de violência e ameaça contra a democracia.

Sabe-se que na última semana, o artista teve o nome envolvido em polêmicas, após o vazamento de um áudio em que o cantor tenta convocar uma greve de caminhoneiros, em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

“O Brasil inteiro vai estar parado. Ninguém trafega, ninguém sai. Ônibus volta para trás com passageiros. Só vai passar polícia federal, ambulância, bombeiro e cargas perecíveis. Fora isso, ninguém anda no Brasil”, disse Reis no áudio.

Em nota, a Polícia Federal informou que apura eventuais crimes de incitação a violência através das redes sociais, que possam ameaçar a “democracia, o Estado de Direito e suas Instituições, bem como contra os membros dos Poderes”.

Além do mandado contra Sérgio, hoje, a PF também realiza buscas envolvendo o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), que foi denunciado em julho de 2020 por supostos crimes de difamação, injúria e coação em vídeos com ataques e ofensas ao ministro Alexandre de Moraes, através das redes sociais.