Notícias » Afeganistão

Porta-voz do Talibã confirma autoria de destruição de célula do Estado Islâmico

Durante o ataque, o grupo que tomou o Afeganistão teria executado membros da organização rival que estavam no local

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 04/10/2021, às 14h10

Célula do Estado Islâmico atacada pelo Taibã
Célula do Estado Islâmico atacada pelo Taibã - Divulgação / YouTbe / AFP

O grupo fundamentalista Talibã anunciou na manhã desta segunda-feira, 4, que uma célula do Estado Islâmico instalada em Cabul, capital do Afeganistão, foi destruída durante operação, acrescentando que os integrantes que estavam presentes no local faleceram durante o ataque, como informa o portal G1.

Após disparos e explosões contínuas na região, o porta-voz talibã Zabihullan Mujahid confirmou o ataque em uma rede social. iniciando na noite de domingo, 3, no norte da cidade: "Como resultado da operação, que foi muito decisiva e bem-sucedida, o centro do Estado Islâmico foi completamente destruído, e os membros do grupo em seu interior morreram".

Um dos funcionários do governo de Cabul, identificado como Abdul Rahaman, afirmou que uma movimentação massiva de membros das chamadas "forças especiais" do Talibã foram vistos circulando em bairros com armas de grande porte, além de atacar ao menos três edifícios residenciais.

O porta-voz ainda respondeu perguntas sobre uma explosão contra uma mesquita, supostamete atribuída aos talibãs, resultando na morte de cinco pessoas e prisão de outras três— porém, Mujahid negou, sugerindo que "grupos ligados ao Estado Islâmico cometeram o ataque".