Notícias » Personagem

Macron afirma que líder do Estado Islâmico no Grande Saara foi morto por forças francesas

O presidente declarou, por meio do Twitter, que Adnan Abu Walid al Sahraoui foi "neutralizado"

Redação Publicado em 16/09/2021, às 09h35

Emmanuel Macron
Emmanuel Macron - Getty Images

De acordo com uma publicação do presidente da França Emannuel Macron em seu perfil no Twitter, Adnan Abu Walid al Sahraoui, líder do Estado Islâmico no Grande Saara, foi morto pelas forças francesas nesta quinta-feira, 15.

"Adnan Abu Walid al Sahraoui, chefe do grupo terrorista do Estado Islâmico no Grande Saara, foi neutralizado pelas forças francesas", escreveu Macron.

Também a ministra da Defesa francesa, Florence Parly, comunicou a morte do extremista dizendo que ele "morreu após um ataque da força Barkhane", operação anti-jihadista implantada pela França na região.

O líder era tido como responsável pela grande maioria dos ataques que se deram no Mali, no Níger e também em Burkina Faso, a chamada "zona das três fronteiras". 

No dia 9 de agosto do ano passado, por exemplo, Walid al Sahraoui ordenou o assassinato de oito pessoas no Níger, sendo seis trabalhadores humanitários franceses, além do guia e do motorista nigerinos.

Nos meses de junho e julho, o exército francês matou e capturou vários membros importantes do EIGS.

Ainda nas redes sociais, Macron afirmou que a mais recente execução representa "um novo grande sucesso no combate contra os grupos terroristas no Sahel".