Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Power Rangers

Power Rangers: Ex-ator é condenado à morte após cometer duplo assassinato

Skylar Julius Deleon, que já participou de Power Rangers, foi condenado à morte nos EUA

Redação Publicado em 23/07/2022, às 19h47 - Atualizado às 20h19

Skylar Julius Deleon - Reprodução/Vídeo/Youtube
Skylar Julius Deleon - Reprodução/Vídeo/Youtube

Skylar Julius Deleon, de 42 anos, chamou atenção no noticiário dos Estados Unidos. Skylar, que já participou da série 'Power Rangers' encara a condenação à morte na Califórnia, Estados Unidos, após cometer duplo assassinato.

Embora tenha feito pequenas pontas em outros seriados transmitidos na TV no começo dos 200, Skylar acabou seguindo um caminho diferente. Ao lado de sua mulher, Jennifer Henderson, realizava pequenos roubos.

No entanto, em 2004, tudo mudou quando se aproximaram do casal Thomas Hawks e Jackie. A dupla, que havia disponibilizado um iate à venda, conforme repercutido pela Quem, fora alvos dos criminosos, que planejavam um assalto.

O crime

Em um encontro ocorrido em Newport Beach Harbor, DeLeon, o casal contou com cúmplices ao atacarem os donos do iate. Além de amarrem a dupla, jogaram os dois no mar. Infelizmente, os corpos não foram localizados e Skylar veio admitir autoria nos crimes somente anos depois. 

Apesar de Skylar ter encarado a condenação à morte por injeção letal, o fim da pena de morte na Califórnia, instituída no ano de 2019, muda sua situação: pode esperar no corredor da morte. 

Jennifer não encontrou o mesmo destino do seu parceiro. Afinal, ela encara uma sentença de prisão perpétua que não abre espaço para a liberdade condicional. 

Na prisão, em 2009, Skylar revelou se identificar como mulher transgênero. Em entrevista à ABC News, Skylar disse que não sente atração por homens.

"Eu não sinto atração por homens. Mas eu quero a cirurgia e eu tenho 100% de certeza de que eu a quero. Mas eu só gosto de mulheres". 10 anos depois, seu nome foi alterado oficialmente para Skylar Preciosa Deleon.