Notícias » Família Real Britânica

Príncipe Harry já demonstrava insatisfações com a realeza antes de se casar, aponta documentário

De acordo com a produção, os problemas do duque de Sussex com a família real são antigos. Entenda!

Penélope Coelho Publicado em 08/07/2021, às 10h38

Príncipe Harry, em 2017
Príncipe Harry, em 2017 - Getty Images

Na última quarta-feira, 7, foi ao ar no canal britânico de televisão ITV, um documentário intitulado ‘Harry and William: What Went Wrong’, na tradução literal para o português ‘Harry e William: O que aconteceu de errado?’.

Na produção, a jornalista Camilla Tominey aponta que os problemas do filho mais novo de Charles e Diana com a realeza surgiram muito antes de seu casamento com a ex-atriz Meghan Markle. As informações são do UOL.

Segundo revelado na reportagem, o documentário mostra que as frustrações de Harry com a família real são mais antigas do que se pensa, apesar de não revelar quando os problemas começaram, a produção mostra que a insatisfação do príncipe não está totalmente relacionada à entrada de Markle em sua vida.

"Mesmo antes de Meghan aparecer em 2016, ocorreram muitas conversas com o Harry perguntando 'por que não posso fazer isso?'", apontou Tominey. De acordo com a jornalista, o casamento foi a "faísca que faltava" para que o duque de Sussex tomasse a decisão de deixar suas funções reais.

Em março de 2020, Meghan e Harry — que atualmente moram nos EUA com seus dois filhos — falaram publicamente sobre os problemas com a família real, em uma entrevista bombástica para Oprah Winfrey. Na ocasião, o casal revelou suas insatisfações, como falta de proteção e título para o primogênito Archie, além de racismo dentro da monarquia.


Sobre Meghan Markle

Nascida em 4 de agosto de 1981, nos Estados Unidos, Rachel Meghan Markle ganhou fama após atuar na série norte-americana Suits (2011 -2017) no papel de Rachel Zane.

No ano de 2017, Markle anunciou o noivado com o príncipe Harry, deixando de lado sua carreira de atriz para se tornar um membro da família real. Após o casamento em 2018, a mulher se tornou duquesa de Sussex. O casal teve um filho, Archie Mountbatten-Windsor, em 6 de maio de 2019.

No início de 2020, Harry e Meghan anunciaram a decisão de deixar os cargos na família real a fim de se tornarem independentes. Atualmente, moram nos Estados Unidos.