Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Putin reconhece independência de duas regiões separatistas na Ucrânia

Presidente russo anunciou a decisão na última segunda-feira em cerimônia transmitida na televisão estatal

Redação Publicado em 22/02/2022, às 07h40 - Atualizado às 08h23

Vladimir Putin, presidente da Rússia - Getty Images
Vladimir Putin, presidente da Rússia - Getty Images

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, reconheceu a independência das duas regiões separatistas da Ucrânia, Luhansk e Donetsk. O anúncio foi feito por meio da televisão estatal na última segunda-feira, 21.

O chefe de estado russo argumentou que as terras ancestrais do leste ucraniano são russas por meio de um discurso repleto de justificativas históricas. "A Ucrânia é parte integrante da nossa história", afirmou, segundo o portal g1.

"Acho necessário tomar uma decisão que deveria ter sido tomada há muito tempo — reconhecer imediatamente a independência e a soberania da República Popular de Donetsk e da República Popular de Lugansk", acrescentou Putin.

No discurso, o político destacou que a decisão prevê "acordos de amizade e ajuda mútua", não a anexação formal dos territórios ao país. Ele também solicitou que os parlamentares ratificassem os documentos assinados durante a cerimônia.

"Peço à Assembleia Federal da Federação Russa que apoie essa decisão e depois ratifique os tratados de amizade e assistência mútua com ambas as repúblicas. Esses dois documentos serão preparados e assinados em um futuro muito próximo", declarou.

Putin também falou às autoridades ucranianas: "Quanto àqueles que tomaram o poder em Kiev e o mantém, exigimos que cessem imediatamente as operações militares, caso contrário, toda a responsabilidade por mais derramamento de sangue recairá sobre a consciência do regime em território ucraniano".