Notícias » Curiosidades

Raposa é vendida à família como filhote de cachorro e causa confusão

Animal foi vendido como da raça husky siberiano em Lima, no Peru

Isabela Barreiros Publicado em 09/11/2021, às 08h38

A raposa "Run run" vendida como cachorro
A raposa "Run run" vendida como cachorro - Divulgação/TikTok/@erinsonzegarra

Uma raposa foi vendida a uma família de Lima, no Peru, como se fosse um filhote de cachorro da raça husky siberiano. O animal acabou causando confusão na vizinhança depois de atacar um galinheiro ao fugir da residência a qual foi levado.

A raposa é procurada pelo Serviço Florestal peruano desde maio e tem cerca de oito meses. Ela foi batizada de “Run run”, ou “Corra corra”, na tradução livre para o português, pela família que o comprou por cerca de R$ 72.

"Meu filho queria um mascote e ele não sabia que era uma raposa, ela foi crescendo e começou a tentar morder as coisas, foi quando meu marido disse 'isso é uma raposa, não um cachorro", contou Maribel Sotelo, que comprou o animal, à emissora local Panamericana.

Quando o suposto cachorro escapou, em 24 de maio, as autoridades ambientais da região ficaram sabendo da história e tentam capturá-lo, o que ainda não foi possível. Segundo Sotelo, o animal é “muito inteligente” e volta para a casa que viveu durante a noite para pegar comida, mas consegue evitar as que contém sedativos.

@erinsonzegarra

##zorroencomas##incursiónnocturna##noalaventadeanimales😢##rumrum🦊💙

♬ sonido original - ꧁✪CHICO_FRASES✪꧂

Nessas visitas, ele é filmado por um dos moradores do bairro, Erinson Zegarra, que publica os vídeos de “Run run” no Tik Tok. Os registros dos passeios noturnos da raposa já contam com mais de 2 milhões de visualizações em apenas duas publicações.

Trata-se de um caso de tráfico ilegal de animais da região, por ser uma raposa-andina da espécie Lycalopex culpaeus vendida como se fosse um cachorro, de acordo com a AP. As autoridades esperam resgatar o animal e transferi-lo até um zoológico.