Notícias » Entretenimento

Sinéad O’Connor volta atrás após anunciar sua aposentadoria

Na última sexta-feira, 04, a cantora afirmou que iria “realizar outros sonhos”, mas acabou mudando de ideia quatro dias depois

Pamela Malva Publicado em 08/06/2021, às 20h00

Fotografia de Sinéad O'Connor durante apresentação
Fotografia de Sinéad O'Connor durante apresentação - Leah Pritchard/ Creative Commons/ Wikimedia Commons

Em meados de 1987, quando tinha apenas 20 anos, Sinéad O'Connor fez a sua estreia no mundo da música. Na última sexta-feira, 04, após 40 anos de carreira, a cantora anunciou sua aposentadoria, mas acabou voltando atrás quatro dias depois.

Segundo a Rolling Stone, tudo começou com um post em suas redes sociais, onde a artista irlandesa afirmou que iria se aposentar após o lançamento de seu último álbum, 'No Veteran Dies Alone'. "Envelheci e estou cansada. Então, é hora de pendurar as borlas dos meus mamilos, tendo realmente dado tudo de mim”, teria escrito a cantora.

Nesta terça-feira, 08, contudo, Sinéaddesistiu da aposentadoria e fez novas publicações, anunciando que seus planos mudaram mais uma vez. “Boas notícias. F*da-se a aposentadoria. Retiro o que eu disse. Não estou me aposentando. Eu estava permitindo que f*dessem a minha cabeça”, escreveu a artista dessa vez.

Tendo dito que, com sua aposentadoria, ela iria “colocar os pés no chão e realizar outros sonhos”, Sinéad explicou, em uma carta, que já sofreu muito na indústria musical. Dessa forma, ela revelou que, entre entrevistas abusivas e traumas de infância, decidiu abandonar todo o contexto musical, mas acabou voltando atrás.

Com o novo álbum previsto para 2022, a cantora revelou que sentiu que “estaria melhor (mais segura) se fugisse e abandonasse completamente a música". Por fim, ela ainda explicou que “a maior ideia errada sobre Sinéad O'Connor é que ela é uma Amazona. Sou uma mulher de 1,64 metro com coração mole que na verdade é muito frágil.”