Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Territórios ucranianos podem ser anexados a partir de julho, diz líder russo

Declaração foi feita por um dos negociadores russos sobre a guerra na Ucrânia

Redação Publicado em 01/06/2022, às 15h08

Soldados separatistas em na república autoproclamada de Luhansk - Getty Images
Soldados separatistas em na república autoproclamada de Luhansk - Getty Images

Um líder russo, que está sendo responsável por negociar o conflito com autoridades da Ucrânia, afirmou que os territórios ucranianos conquistados militarmente pelo país poderiam ser anexados à Rússia a partir de julho.

Em entrevista à agência de notícias Ria Novosti, Leonid Slutski, presidente do comitê de Relações Exteriores da câmara baixa do Parlamento da Rússia, sugeriu que as regiões poderiam “celebrar” referendos de uma possível anexação.

"Não quero fazer previsões [...], mas calculo que os territórios libertados celebrarão um referendo mais ou menos ao mesmo tempo, o que parece lógico", explicou. "Acredito que podem acontecer em julho", completou.

Repúblicas ‘autoproclamadas’

Segundo o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, os territórios em questão "deveriam poder escolher seu futuro". Desde então, a Rússia vem administrando-as como se fossem russas, a partir de suas redes de telecomunicação, o rublo como moeda e concedendo a nacionalidade russa aos moradores.

São quatro regiões: as repúblicas autoproclamadas de Donetsk e Luhansk, assim como Kherson e Zaporizhzhia, que vem sendo controladas especialmente pelas tropas lideradas por Vladimir Putin, segundo a AFP.