Notícias » Tecnologia

Twitter é a rede favorita para informação entre pessoas de até 24 anos

Estudo realizado no Brasil aponta a plataforma como uma importante ferramenta para se informar sobre o que está acontecendo

Redação Publicado em 23/11/2021, às 10h37

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - PhotoMIX-Company, via Pixabay

Estudo realizado pelo Twitter no Brasil em 2021 utilizando diversos tipos de dados encontrados nas conversas e também questionários direcionados aos jovens que fazem parte da Geração Z apontou que os nascidos entre a segunda metade dos anos 1990 e o início dos anos 2010 veem a plataforma como uma importante ferramenta para se manterem informados e saberem o que está acontecendo (81%).

Além disso, três em quatro dos respondentes disseram que associam o Twitter à informação, e outros 80% dos entrevistados concordaram que a plataforma traz notícias atuais - mais de quatro vezes acima da média das outras redes.

As pessoas da Gen Z, como são conhecidas, enxergam o Twitter como uma plataforma para se conectar em torno de interesses - 64% disseram que é boa para acompanhar temas de seu interesse e 61% afirmam que é uma plataforma para compartilhar acontecimentos da própria vida.

E o interesse das pessoas no Twitter não é apenas nas notícias: o entretenimento foi o tema mais Tweetado de 2020 até junho de 2021 no Brasil, incluindo conversas e conexões entre fãs e ídolos.

As pessoas da Geração Z são 40% mais interessadas do que a média do Twitter quando o assunto é encurtar distância com celebridades e influenciadores. Houve, inclusive, um aumento de 33% de pessoas da Gen Z que usam o termo "fandom" (grupo de fãs de determinada coisa em comum, como seriado de televisão, música, artista, filme, livro etc), quando se compara 2019 e 2020.

Para este público, o Twitter é a rede mais associada a humor e memes: 77% das pessoas da Geração Z declararam que conseguem acompanhar memes na plataforma e três em cada quatro associam o serviço a humor.

Eles também acreditam que "o Twitter é um lugar para ser quem você quiser" e 81% concordam que a plataforma é um bom lugar para expressar a própria opinião.

Estas descobertas fazem parte de um estudo preparado pelo time de Marketing Insights & Analytics do Twitter no Brasil em 2021 para entender os comportamentos da Geração Z, a partir de dados de conversas, questionários e relatórios.