Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Ucraniana gera debate ao vencer o Miss Japão; entenda

De origem ucraniana, Carolina Shiino, coroada como Miss Japão 2024, gerou debates; entenda!

Redação Publicado em 26/01/2024, às 17h05

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Carolina Shiino, vencedora do Miss Japão 2024 - Reprodução/Redes Sociais/Instagram/@karolina0824
Carolina Shiino, vencedora do Miss Japão 2024 - Reprodução/Redes Sociais/Instagram/@karolina0824

Na última segunda-feira, 22, a edição de 2024 do Miss Japão gerou um debate sobre o que significa ser japonesa. Isso aconteceu, pois a modelo, de origem ucraniana, Carolina Shiino, foi a vencedora do concurso. 

Momentos após ter sido coroada, ela falou em japonês sobre a sua trajetória e como se tornou a primeira cidadã naturalizada japonesa a vencer o concurso. “Houve barreiras raciais, e tem sido desafiador ser aceita como japonesa.”, disse Carolina, que se mudou para o Japão aos cinco anos.

Conforme repercutido pela BBC, parte da população considerou a vitória como “sinal dos tempos”, já outros afirmaram que ela não se parece com uma verdadeira “Miss Japão”. Além disso, o fato de Carolina não ter nenhum parentesco japonês gerou ainda mais comentários nas redes sociais. 

Essa pessoa que foi escolhida como Miss Japão não tem nem mistura com japonês, é 100% ucraniana pura. Entendo que ela seja linda, mas isso é o Miss Japão", afirmou um internauta na rede social X (antigo Twitter).

Outros chegaram a dizer que sua coroação enviava uma “mensagem errada” para a população: “Acho que os japoneses naturalmente recebem uma mensagem errada quando uma pessoa de aparência europeia é considerada a japonesa mais bonita.”

Identidade nacional

Esta não é a primeira vez que os traços físicos da vencedora do concurso geraram um debate nacional. Em 2015, Ariana Miyamoto se tornou a primeira mulher birracial a ser coroada Miss Japão. Na ocasião, a coroação de Miyamoto, que tem mãe uma japonesa e um pai afro-americano, culminou em um debate sobre a elegibilidade de uma pessoa mestiça. 

Ariana Miyamoto, vencedora do Miss Japão 2015 - Créditos: Getty Images

Em uma entrevista à BBC, a diretora do concurso de beleza Miss Japão Grand Prix, Ai Wada, explicou que a vitória de Carolina foi feita com “total confiança”.

Ela fala e escreve num lindo e educado japonês. Ela é mais japonesa do que nós.", disse Wada à BBC.

No início de 2023, quando Carolina recebeu sua nacionalidade japonesa, ela compartilhou a novidade em seu perfil do Instagram, onde disse que “pode não parecer japonesa”, mas sua mente “tornou-se japonesa” por crescer no país.

Ao receber a faixa e a coroa de Miss Japão, ela disse que ganhar a competição era “um sonho”. “Ser reconhecida como japonesa nessa competição me enche de gratidão.”, acrescentou Carolina.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!