Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Elvis Presley

A última conversa que Elvis Presley teve com a namorada antes de morrer

Antes de morrer subitamente aos 42 anos, Elvis Presley teve uma conversa curiosa com a noiva, Ginger Alden

Redação Publicado em 19/07/2022, às 12h17 - Atualizado em 23/07/2022, às 15h00

Ginger Alden em entrevista e Elvis Presley em último show - Divulgação/Youtube /  Elvis 100% - Still Rockin'! / rosi kalau
Ginger Alden em entrevista e Elvis Presley em último show - Divulgação/Youtube / Elvis 100% - Still Rockin'! / rosi kalau

A morte de Elvis Presley em 16 de agosto de 1977, aos 42 anos, pegou a todos de surpresa: o astro foi encontrado morto dentro do banheiro em sua mansão, a Graceland, localizada em Memphis, no Tennessee.

Até hoje, acredita-se que o Rei do Rock tenha falecido em decorrência de um colapso fulminante associado a disfunção cardíaca — no final da sua vida, o cantor vinha sofrendo com uma série de problemas de saúde.

Segundo o portal The Express UK, a namorada do artista, Ginger Alden, revelou detalhes sobre a última conversa que teve com o amado antes da morte súbita, em que ele demonstrava estar se sentindo feliz e com esperança para o futuro.

O relato da noiva de Elvis mostra uma imagem diferente do artista, que geralmente é retratado como um sujeito triste e solitário durante seus últimos dias de vida, como destacou a Rolling Stone Brasil.

Antes de morrer

"Estávamos sentados no quarto de sua filha, Lisa Marie, nas primeiras horas de 16 de agosto, quando Elvis começou a falar sobre planos de casamento", contou Alden.

"Elvis estava ansioso por muitas coisas: casamento, mais filhos, filmes sérios e sua próxima turnê”, continuou.

A noiva de Presley ainda acrescentou: "Ele estava de bom humor. Tínhamos acabado de marcar a data do casamento, literalmente. Ele também me disse que estava pronto para voltar aos palcos, algo que ele sempre amou."

Ao falar sobre o último dia ao lado do amado, Ginger lamentou: "O dia começou com entusiasmo e esperança para ele e para mim, mas terminou em sofrimento e descrença. Aos 42 anos, o meu noivo, Elvis Aaron Presley, estava morto”.

Veja a entrevista completa: