Notícias » Rússia

Putin zomba da presença de bandeira LGBTQI+ na embaixada dos Estados Unidos, diz jornal

O presidente russo sugeriu que a presença do símbolo no local refletia a sexualidade dos que ali trabalham

Redação Publicado em 03/07/2020, às 17h00

Vladimir Putin
Vladimir Putin - Wikimedia Commons

De acordo com reportagem publicada pelo jornal russo The Moscow Times, nesta sexta-feira, 3, durante uma transmissão ao vivo, o presidente russo, Vladimir Putin fez um comentário sugestivo sobre a presença da bandeira LGBTQI+, na embaixada norte-americana em Moscou.

Segundo as informações do site, o líder russo perguntou ao orador Alexei Pushkov, "quem trabalha neste prédio?", o homem então respondeu "americanos", em seguida Putin rebateu: "Deixe-os comemorar. Eles mostraram algo sobre as pessoas que trabalham lá.", sugerindo que a bandeira reflita na orientação sexual dos diplomatas. 

Ainda nesta sexta, uma emenda que define o casamento como a união entre homem e mulher, foi aprovada na Rússia. Contudo, Putin nega qualquer ato que discrimine a comunidade LGBTQI+.

"Deixe uma pessoa crescer, tornar-se adulto e decidir seu próprio caminho. Você não deve impor nada", finalizou Putin.